Pular para o conteúdo principal

Autor holandês lança novo livro de terror no Brasil


O premiado autor holandês Thomas Olde Heuvelt estará no Brasil entre os dias 4 e 13 de junho para lançar o seu novo livro: “HEX”, editado pela DarkSide Books. No vídeo disponível em https://bit.ly/2LJktWQ, Thomas anuncia sua chegada ao Brasil, onde passará por São Paulo, Porto Alegre e Rio de Janeiro e participará de eventos como sessões de autógrafo abertas ao público.

A história aterrorizante, às vendas nas livrarias brasileiras, é um dos grandes destaques do terror contemporâneo holandês. A obra será adaptada para uma série produzida pela Warner, com roteiro de Gary Dauberman, o mesmo de “It: A Coisa” e “Annabelle”. Indicado ao World Fantasy Award em 2014 e ganhador do Hugo Fantasy Award no ano seguinte, Heuvelt tem em Stephen King e Roald Dahl suas maiores inspirações.


O autor vem ao Brasil com apoio da Fundação Holandesa de Literatura e terá passagem pelas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, além de uma participação especial no 5ª Odisseia de Literatura Fantástica, em Porto Alegre, nos dias 8, 9 e 10 de junho.


Agenda de eventos


São Paulo

Sessão de autógrafos na Saraiva Pátio Paulista
Dia: 5 de junho
Horário: 19h às 22h
Endereço: Rua Treze de Maio 1947.
Mais informações em: https://www.facebook.com/events/1903127869718797/
Lançamento de camiseta + livro na Storvo, Inc
Dia: 6 de junho
Horário: 19h às 22h
Endereço: Rua Aspicuelta 300.
Mais informações em: https://www.facebook.com/events/216741152442521/

Porto Alegre


Participação na Odisseia de Literatura Fantástica
Bate-papo e abertura do festival
Dia: 8 de junho
Horário: 19h
Sessão de autógrafos
Dia: 9 de junho
Horário: 16h
Sessão de autógrafos
Dia: 10 de junho
Horário: 14h
Endereço: Rua dos Andradas, 1223.
Mais informações em: https://www.facebook.com/events/1860268490939485/

Rio de Janeiro


Sessão de autógrafos no Espaço Cultural Olho da Rua
Dia: 13 de junho
Horário: 19h às 22h
Endereço: Rua da Bambina, 06 - Botafogo
Mais informações em: https://www.facebook.com/events/587076865011336/

Sobre o autor 


Thomas Olde Heuvelt é autor de cinco romances e muitos contos fantásticos. Já foi publicado em inglês, chinês, holandês e, agora, em português. Ganhou o Harland Award (prêmio holandês na categoria Melhor Fantasia) em três ocasiões, e o Hugo Award de 2014 na categoria Melhor Conto. Desde sua estreia, aos 16 anos, tornou-se autor best-seller na Holanda e na Bélgica. Considera Roald Dahl e Stephen King os heróis literários de sua infância, que incutiram nele o amor pela ficção macabra. HEX é sua estreia como romancista. O livro chega ao Brasil pela DarkSide® Books, que também promove a visita do autor no país junto a Fundação Holandesa de Literatura.

Sobre a editora DarkSide® Books


Primeira editora brasileira especializada no universo do terror e da fantasia, a DarkSide® Books nasceu em um 31 de outubro, Dia das Bruxas, em 2012. Hoje, com cinco anos de vida, já mobiliza mais de 1 milhão de fãs nas redes sociais, a maioria deles leitores que colecionam seus títulos – edições sempre caprichadas e em capa dura. A DarkSide® – apadrinhada pelo mestre Zé do Caixão, de quem reeditou a biografia – se tornou uma referência entre as novas editoras do mercado e mantém uma relação intensa, de admiração e troca, com seus fãs e seguidores, que não deixam de acompanhar, curtir, sugerir títulos e cobrar lançamentos com a "Caveira" (o símbolo que se tornou apelido da editora nas redes sociais). 


Além da "qualidade quase psicopata" do design e acabamento gráfico das edições, esta legião de fãs busca, na DarkSide®, as preciosidades de um catálogo diversificado, que aposta em revelações da literatura mundial, premiadas no exterior (como Andrew Pyper, Caitlín R. Kiernan e Keith Donohue), em ícones do universo do terror e da fantasia (como Robert Bloch, George Lucas e Jim Henson) e em obras-primas que continuavam inéditas no país como Fábrica de Vespas, o premiado livro do autor Iain Banks.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pátria deseducadora

A arte popular brasileira ganha um livro

"Eu me ensinei: narrativas da criatividade popular brasileira" é ao mesmo tempo um livro de arte e um compêndio raro sobre a obra de 78 artistas autodidatas de todo o país. “Eu me ensinei sozinha”, frase cunhada por Izabel Mendes da Cunha, conhecida como Dona Izabel, representa, com clareza, a síntese da categoria que aglutina os artistas do livro. A obra será lançada no dia 7 de dezembro de 2017, às 18h30, na Livraria Martins Fontes – Avenida Paulista, 509, em São Paulo. 
Autoria e projeto editorial de Edna Matosinho de Pontes, a publicação bilíngue (português e inglês), 464 páginas, editada pela Via Impressa Edições de Arte, além de registrar a vida e obra dos artistas relacionados, traz um ensaio aprofundado sobre a questão da arte popular, de Ricardo Gomes de Lima, e texto de apresentação assinado por Fabio Magalhães. 

Com seu arsenal de conhecimento sobre essa expressão artística nacional, acumulado ao longo de 30 anos como estudiosa, colecionadora e galerista, Edna Ponte…

Juiz de direito, guitarrista. E criador de um festival internacional de música

Carlos Motta
A vida de músico não é fácil no Brasil. Da mesma forma, não é para os fracos a tarefa de promover a música num ambiente dominado por uma indústria que odeia a qualidade. Mesmo assim há pessoas que se dedicam simultaneamente à vida artística e à extenuante missão de levar cultura ao público. 

Haja fôlego, haja coragem, haja vontade.

A situação se complica ainda mais quando essa pessoa exerce uma profissão que exige uma atenção constante, quase como um sacerdócio. 

Esse é o caso o doutor José Fernando Seifarth de Freitas, juiz da Vara da Família em Piracicaba, importante cidade do interior paulista, que também é Fernando Seifarth, violonista dos mais respeitados entre o pessoal que toca o jazz manouche, ou cigano, gênero que nasceu da genialidade do belga Django Reinhardt, lá nos anos 30 do século passado e rapidamente se espalhou pelo mundo todo. 

O juiz de direito e o músico, provando que muitas vezes querer é poder, se fundiram há alguns anos para criar um dos mais interessan…