sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Brasil, o país dos "bicos"


Vagner Freitas

O total de trabalhadores subempregados aumentou para 11,5% – pulou de 5,2 milhões para 5,8 milhões – no 2º trimestre, segundo o IBGE.

E o total da força de trabalho subutilizada – que inclui desempregados, subempregados e a força de trabalho potencial (pessoas que não procuram empregos) – chegou a 26,3 milhões de pessoas no mesmo período.

Temer e os patrões devem estar felizes, eles queriam isso mesmo, tirar direitos e jogar a classe trabalhadora no subemprego, na miséria. Foi para isso que aprovaram o desmonte da CLT, que eles chamaram de reforma trabalhista.

Salário de juízes será investigado. Dá para acreditar?


Pode ser sério, mas pode, como quase tudo o que ocorre no mundo dos endinheirados brasileiros, ser apenas um teatrinho, um faz de conta: a presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, decidiu que o órgão vai investigar a folha de pagamentos de todos os magistrados do país. De acordo com portaria publicada hoje (18) pelo CNJ, os tribunais de Justiça de todos os Estados deverão enviar mensalmente ao conselho cópias do contracheque dos magistrados cinco dias depois da liberação do pagamento.

Veículos se tornaram armas terroristas


A Deutsch Welle, agência informativa da Alemanha, fez um levantamento dos atentados terroristas realizados com o emprego de veículos, muito mais difíceis de serem prevenidos, pois, afinal, carros, vans, ônibus ou caminhões estão disponíveis para qualquer pessoa e não despertam, a princípio, nenhuma desconfiança.

Os veículos, até mesmo os mais compactos, são armas terríveis, que podem ferir, mutilar e matar.

Os terroristas compreenderam isso e acharam uma forma eficaz e barata de agir.

Seu propósito de espalhar o pânico, instituir o caos, fortalecer o preconceito contra os muçulmanos, provocar gastos extraordinários em segurança pública, tornar, enfim, toda a sociedade refém de um medo paranoico, ficou bem mais fácil com o uso dessa arma.

 A seguir, a cronologia dos atentados com veículos feita pela DW:

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

Brasil regride no combate à fome


Ana Luíza Matos de Oliveira

Versão-síntese do Relatório do Grupo de Trabalho da Sociedade Civil para Agenda 2030 sobre os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) mostra resultados extremamente preocupantes para o Objetivo 2 (acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura).

O relatório relembra que o acesso aos alimentos pela população em situação de maior vulnerabilidade apresentou avanços significativos no Brasil ao longo das duas últimas décadas, o que levou o país a deixar de ter a marca da fome como uma de suas principais mazelas sociais. 

Um Congresso que legisla em causa própria


Para se eleger, boa parte dos parlamentares do Congresso Nacional teve suas campanhas financiadas por pessoas físicas e jurídicas devedoras da União, revela levantamento divulgado pelo Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional - Sinprofaz, com base em dados da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. 

O que chama ainda mais a atenção é que esses mesmos parlamentares formaram a Comissão Mista que analisou a Medida Provisória 783, relativa ao novo Refis, e aprovaram descontos de quase 100% em juros, multas e encargos para os devedores que aderirem ao refinanciamento.