Pular para o conteúdo principal

Dois fins de semana com jazz e bossa nova


Durante seis dias (25, 26, 27 e 31 de maio; 1 e 2 de junho), a cidade de Santa Teresa, no Espírito Santo, será palco da sofisticação melódica do jazz e da bossa nova, com apresentações de artistas nacionais e internacionais, com o  7º Festival Internacional de Jazz & Bossa, que terá ainda como atrações a gastronomia internacional e regional, exposição de artes, artesanato e produtos da agroindústria.

O festival terá sua produção focada nos conceitos da sustentabilidade, já que Santa Teresa tem uma das maiores biodiversidades do mundo, além de ser a terra onde nasceu Augusto Ruschi, agrônomo, ecologista, naturalista, patrono do meio ambiente no Brasil e um dos ícones mundiais da preservação ambiental. O Santa Teresa Jazz & Bossa, também marcará o lançamento oficial da temporada de inverno das montanhas capixabas.

Vão participar do evento nomes consagrados como Nelson Faria, Stanley Jordan, Armandinho, Amaro Freitas, Pedro Alcântara, Gabriel Grossi, João Donato, Filó Machado, Arthur Maia e Eduardo Dusek, entre outros.

Programação

1ª SEMANA – 25 A 27 DE MAIO

25/5 (sexta-feira)CENTRO DE EVENTOS
20h00: ABERTURA DOS PORTÕES
PALCO FAMES
20h30/22h30: FAMES BRASILEIRÍSSIMO
PALCO IMIGRANTES
21h00: ANDY TIMMONS E FAMES JAZZ BAND (USA/BRA)
23h00: NELSON FARIA (BRA)
01h00: STANLEY JORDAN E ARMANDINHO (USA/BRA)
02h00: ENCERRAMENTO

26/5 (sábado)CENTRO DE EVENTOS
11h00: ABERTURA DOS PORTÕES
PALCO FAMES
11h30/13:30: SHOW REGIONAL
PALCO IMIGRANTES
12h00: VICTOR HUMBERTO, VIA BRASIL E CONVIDADOS (ES)
14h00: PEDRO ALCANTARA E GABRIEL GROSSI (ES/BRA)
15h30: JAM SESSION: AMARO FREITAS (BRA)
16h30: ENCERRAMENTO
20h00: REABERTURA DOS PORTÕES
PALCO FAMES
20h30/22h30/00h30: CHORO ACADÊMICO DA FAMES
PALCO IMIGRANTES
21h00: ROSA MARYA COLIIN E JEFFERSON GONSALVES (BRA)
23h00: JOÃO DONATO (BRA)
01h00: AMARO FREITAS (BRA)
02h00: ENCERRAMENTO


27/5 (domingo)CENTRO DE EVENTOS
11h00: ABERTURA DOS PORTÕES
PALCO FAMES
11h30/13h30: TOCATA BRASS DA FAMES
PALCO IMIGRANTES
12h00: ROGER BEZERRA (ES)
14h00: EDUARDO DUSSEK E DERICO (BRA)
16h00: ENCERRAMENTO


2ª SEMANA – 31 DE MAIO A 02 DE JUNHO


31/5 (quinta-feira)CENTRO DE EVENTOS
20h00: ABERTURA DOS PORTÕES
PALCO FAMES
20h30/22h30: FAMES DIXIELAND
PALCO IMIGRANTES
21h00: CHICO CHAGAS E CARLOS MALTA (BRA)
23h00: BRUNO MANGUEIRA CONVIDA FILÓ MACHADO (ES/BRA)
01h00: JJ JACKSON (USA)
02h00: ENCERRAMENTO


01/6 (sexta-feira)CENTRO DE EVENTOS
11h00: ABERTURA DOS PORTÕES
PALCO FAMES
11h30/13:30: SHOW REGIONAL
PALCO IMIGRANTES
12h00: FINEST HOUR( ES )
14h00: TULIO MOURÃO E CÉLIO BALONA( BRA )
15h30: JAM SESSION: LEON BEAL E IGOR PRADO ( USA/BRA )
16h30: ENCERRAMENTO
20h00: REABERTURA DOS PORTÕES
PALCO FAMES
20h30/22h30/00h30: GROOVIX
PALCO IMIGRANTES
21h00: NICO REZENDE & QUINTETO CANTA CHET BAKER (BRA)
23h00: MARVIO CIRIBELLI (BRA)
01h00: LEON BEAL E IGOR PRADO R&B/SOUL MUSIC (USA/BRA)
02h00: ENCERRAMENTO

2/06 (sábado)CENTRO DE EVENTOS
11h00: ABERTURA DOS PORTÕES
PALCO FAMES
11h30/13h30: SHOW REGIONAL
PALCO IMIGRANTES
12h30: ORIZZONTI 6TETO (ES)
14h00: MASSIMO VALENTINI (ITA)
15h30: JAM SESSION: ARTHUR MAIA (BRA)
16h30: ENCERRAMENTO
20h00: REABERTURA DOS PORTÕES
PALCO FAMES
20h30/22h30/00h30: GRUPO VOCAL FAMES
PALCO IMIGRANTES
21h00: ARTHUR MAIA (BRA)
23h00: DELICATESSEN JAZZ (BRA)
01h00: ADRIANO GRINEMBERG (BRA)
02h00: ENCERRAMENTO

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Pátria deseducadora

A arte popular brasileira ganha um livro

"Eu me ensinei: narrativas da criatividade popular brasileira" é ao mesmo tempo um livro de arte e um compêndio raro sobre a obra de 78 artistas autodidatas de todo o país. “Eu me ensinei sozinha”, frase cunhada por Izabel Mendes da Cunha, conhecida como Dona Izabel, representa, com clareza, a síntese da categoria que aglutina os artistas do livro. A obra será lançada no dia 7 de dezembro de 2017, às 18h30, na Livraria Martins Fontes – Avenida Paulista, 509, em São Paulo. 
Autoria e projeto editorial de Edna Matosinho de Pontes, a publicação bilíngue (português e inglês), 464 páginas, editada pela Via Impressa Edições de Arte, além de registrar a vida e obra dos artistas relacionados, traz um ensaio aprofundado sobre a questão da arte popular, de Ricardo Gomes de Lima, e texto de apresentação assinado por Fabio Magalhães. 

Com seu arsenal de conhecimento sobre essa expressão artística nacional, acumulado ao longo de 30 anos como estudiosa, colecionadora e galerista, Edna Ponte…

Juiz de direito, guitarrista. E criador de um festival internacional de música

Carlos Motta
A vida de músico não é fácil no Brasil. Da mesma forma, não é para os fracos a tarefa de promover a música num ambiente dominado por uma indústria que odeia a qualidade. Mesmo assim há pessoas que se dedicam simultaneamente à vida artística e à extenuante missão de levar cultura ao público. 

Haja fôlego, haja coragem, haja vontade.

A situação se complica ainda mais quando essa pessoa exerce uma profissão que exige uma atenção constante, quase como um sacerdócio. 

Esse é o caso o doutor José Fernando Seifarth de Freitas, juiz da Vara da Família em Piracicaba, importante cidade do interior paulista, que também é Fernando Seifarth, violonista dos mais respeitados entre o pessoal que toca o jazz manouche, ou cigano, gênero que nasceu da genialidade do belga Django Reinhardt, lá nos anos 30 do século passado e rapidamente se espalhou pelo mundo todo. 

O juiz de direito e o músico, provando que muitas vezes querer é poder, se fundiram há alguns anos para criar um dos mais interessan…