segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Comércio afunda na crise

De acordo com os dados do varejo apurados pela Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), o Movimento do Comércio caiu 4,1% em 2016. Nos dados mensais, dezembro mostrou queda de 2,3% na avaliação dos dados com ajuste sazonal frente a novembro. Já na comparação mensal contra o mesmo mês do ano anterior, houve diminuição de 0,8%.


Segundo a análise da empresa, as dificuldades vivenciadas em nosso cenário econômico, tais como juros elevados, inflação alta, mercado de trabalho em deterioração e a consequente queda do consumo das famílias contribuíram decisivamente para retração das vendas varejistas ao longo de 2016. 

Na análise mensal, dentre os principais setores, o de “Móveis e Eletrodomésticos” apresentou queda de 5,7% entre novembro e dezembro, descontados os efeitos sazonais. Nos dados sem ajuste sazonal, a variação acumulada em 12 meses foi de -5,1%.

A categoria de “Tecidos, Vestuários e Calçados” caiu 0,2% no mês, expurgados os efeitos sazonais. Já na comparação da série sazonal, nos dados acumulados em 12 meses houve recuo de 9,2%.

A atividade do setor de “Supermercados, Alimentos e Bebidas” caiu 0,6% no mês na série dessazonalizada. Na série sem ajuste, a variação acumulada em 12 meses recuou 3,3%.

Por fim, o segmento de “Combustíveis e Lubrificantes” apresentou queda de 0,3% em novembro considerando dados dessazonalizados, enquanto na série sem ajuste, a variação acumulada em 12 meses apresentou queda de 5,6%.

3 comentários:

  1. A culpa é do segmento de combustíveis e lubrificantes. Tacaram fogo no Governo Dilma, e vaselinaram com os golpistas. Sifu!

    ResponderExcluir
  2. Ja na minha opinião, a culpa é do segmento hortigranjeiro e supermercado. Ficaram de galinhagem com a Lei e.a Constituição, e optaram pelo repolho golpista. Sifu.

    ResponderExcluir
  3. Francamente, parece que os comerciantes aderiram ao budismo. Sofrem, sofrem e se mantém calados e conformados com a situação. Será a tal paciência oriental? Ou será que gostaram de tomar na buda? Eis uma questão transcedental a ser discutida:"a psicologia moderna, e o complexo de pato".

    ResponderExcluir