quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Em defesa de Lula e do Estado de direito


Já não era sem tempo: lideranças de movimentos sociais, sindicatos e partidos políticos lançarão uma campanha em defesa da democracia, do Estado de direito e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A campanha “Por um Brasil justo pra todos e pra Lula” será lançada na Casa de Portugal, na capital paulista, na quinta-feira (10), a partir das 18h30.

O objetivo da campanha é iniciar um amplo movimento por todo país, e também no exterior, com eventos e manifestações contra as perseguições ao ex-presidente Lula e em defesa da democracia.


A avaliação dos organizadores da campanha é de que defender o direito de Lula à presunção da inocência, à ampla defesa e a um juízo imparcial é defender a democracia, o Estado de direito, a liberdade, os direitos e a cidadania de todos os brasileiros.

A campanha conta ainda com um manifesto, que será divulgado para coleta de assinaturas.

“Na democracia, o Brasil conheceu um período de estabilidade institucional e de avanços econômicos e sociais, tornando-se um país melhor e menos desigual. Mas essa grande conquista coletiva encontra-se ameaçada por sucessivos ataques aos direitos e garantias, sob pretexto de combater a corrupção”, diz o manifesto.

De acordo com o texto, o “conjunto de ameaças e retrocessos exige uma resposta firme por parte de todos os democratas, acima de posições partidárias”.

“Quando um cidadão é injustiçado – seja ele um ex-presidente ou um trabalhador braçal – cada um de nós é vítima da injustiça, pois somos todos iguais perante a lei”, completa o manifesto.

Um comentário:

  1. Dizem que a PF, ao examinar uma planilha de propinas a politicos, ao se deparar com a sigla fhc, exclamou: Ah! Raaaa! Encontramos a prova. São as iniciais de Fuiz Hinacio da Cilva.

    ResponderExcluir