quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Atividade econômica já caiu 5% neste ano. É a volta da confiança...


E o Brasil Novo caminha a passos rápidos para o fundo do poço: a atividade econômica apresentou retração de 0,91% em agosto, na comparação com julho, de acordo com dados divulgados pelo Banco Central. 

Essa foi a maior redução mensal do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) dessazonalizado (ajustado para o período) desde maio de 2015 (-1,02%).


Na comparação entre agosto deste ano e o mesmo mês de 2015, houve queda de 2,72%, de acordo com os dados sem ajustes, já que são períodos iguais na comparação. Em 12 meses encerrados em agosto, a retração chegou a 5,48% e no ano, a 4,98%.

O IBC-Br é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira e ajuda o BC a tomar suas decisões sobre a taxa básica de juros, a Selic. O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária, além do volume de impostos.

Como se vê, a tão propalada, pelos meios de comunicação, recuperação econômica, existe apenas na cabeça dos integrantes do mais incompetente, mentiroso, cínico e inconsequente governo da história do Brasil - uma caricatura mordaz de uma república de bananas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário