terça-feira, 27 de setembro de 2016

E lá vai a inflação, estourando metas, fugindo do controle



Está cada vez mais difícil para os golpistas do Brasil Novo entregarem aos seus patrões o prometido. Apesar das maiores taxas de juros do planeta, a inflação parece estar cada vez mais fora de controle; segundo o Relatório Trimestral de Inflação do Banco Central, divulgado hoje, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), deve ficar em 7,3% em 2016, ante os 6,9% previstos em junho. 

A projeção estoura o teto da meta de inflação de 6,5% e fica longe do centro da meta (4,5%), que deve ser perseguida pelo BC.

Em 2017, a inflação, segundo o BC, deve recuar e encerrar o período em 4,4%, ante 4,7% previstos anteriormente. O limite superior da meta no próximo ano é 6%, com centro em 4,5%. Para 2018, a projeção é 3,8%.

O Banco Central também divulgou os dados do cenário de mercado que faz estimativas para a taxa de câmbio e a Selic. No cenário de mercado, a previsão para a inflação neste ano também deve ficar em 7,3%, ante a estimativa de 7% divulgada em junho. Em 2017, a projeção é 4,9%, ante 5,5% previstos anteriormente. Em 2018, a estimativa ficou em 4,6%.

No relatório, o BC também apresentou dois cenários adicionais. Em um deles, para fazer as projeções para a inflação supõe-se que a taxa de câmbio permanecerá constante em R$ 3,30 durante todo o horizonte e que a taxa Selic evoluirá conforme trajetória apurada pela pesquisa Focus, feita pelo BC com instituições financeiras. Nesse cenário, a inflação ficará em 7,3%, este ano, 4,8%, em 2017, e 4,5%, em 2018.

O segundo cenário supõe que a taxa Selic será mantida inalterada em 14,25%, a mais alta do mundo, e que a taxa de câmbio evoluirá conforme projeções apuradas pela pesquisa Focus. Neste caso, a inflação também deve ficar em 7,3% em 2016, caindo para 4,5% no próximo ano e para 4%, em 2018.

Um comentário:

  1. O golpe a cada dia, mostra que veio no estilo Zé Colméia. Se acham espertos, mas se enrolam cada vez mais. Sai da reta, que vem caca.

    ResponderExcluir