quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Dilma 2018!


Então é isso: Dilma Rousseff pode ser candidatar à Presidência da República em 2018, já que o Senado manteve os seus direitos políticos.

A decisão dos senadores foi esquizofrênica, digna desta peça de enredo kafkiano que se desenrola atualmente no país.

Mas azar o deles.

Se eu fosse alguém para sugerir alguma coisa à presidenta Dilma, meu conselho seria para que se lançasse candidata imediatamente, a fim de continuar a sua luta pela democracia.

Se o PT não aprovasse a ideia, já que Lula é o seu candidato natural (isso se ele não for condenado por frequentar o sítio de amigos ou não ter comprado um apê no Guarujá, ou for preso, ou mesmo assassinado), Dilma poderia perfeitamente se candidatar por outro partido qualquer - existem tantos... - para, além de outras coisas, encher o saco desses pústulas que criminosamente a apearam da chefia do Executivo.

É bem provável que não fosse eleita, mas não tenho dúvidas de que a campanha iria servir para que ela desopilasse o fígado, dissesse para o país inteiro umas boas verdades sobre o caráter do Dr. Mesóclise e seu bando, e inspirasse outras pessoas a resistir contra o arbítrio e a ditadura. 

Ia ser muito engraçado. (Carlos Motta)

Um comentário:

  1. Ótima dica.
    Eu sugeriria uma chapa purossangue: Lula/Dilma ou vice-versa, com uma campanha enfatizando, o máximo que pudesse, que, além da dupla Lula/Dilma, o Congresso também precisaria passar por uma limpa.
    Está na hora de alguma chapa para cargo majoritário até se sacrificar ou pôr em risco suas chances só para contribuir na conscientização da importância do Parlamento.

    Sidnei

    ResponderExcluir