terça-feira, 10 de maio de 2016

Todos os nomes da presidenta

Outro dia desses alguém com quem conversava referiu-se à presidenta Dilma como "aquela louca".

Perguntei por que ele achava que ela era "louca".

Não soube responder.

De qualquer forma, ficou barato para a presidenta ser chamada de louca nessa conversa.

Afinal, nas redes sociais e mesmo em alguns ambientes públicos há uma parcela de brasileiros que prefere qualificá-la por outros nomes, a maioria impublicável.

É certo que essa gente estaria mais confortável se fosse medicada com aqueles comprimidos acondicionados em caixinhas com tarjas pretas.

É certo também que, provavelmente, nenhuma dessas pessoas saberia explicar porque os termos "petista", "comunista" e "vaca", entre outros preferidos para se referir à presidenta, podem ofender alguém.

Petista nada mais é que o filiado ou simpatizante de um partido que lutou pela democracia no Brasil, quando estava fora do poder, e, nele, conseguiu a façanha de tirar mais de 30 milhões da miséria - um feito considerável na história deste triste país.

Comunista, pelo menos para mim, é um grande elogio: adoro quando dizem que sou um deles.

Já a vaca, vale lembrar, é um animal que só tem ajudado a humanidade - na Índia, é sagrado.

A presidenta Dilma, creio, se ofenderia muito mais se fosse chamada de outras coisas.

Frouxa, por exemplo.

Ou então, covarde.  (Carlos Motta)

Nenhum comentário:

Postar um comentário