quarta-feira, 18 de maio de 2016

O PT não é o inimigo

As redes sociais estampam críticas e mais críticas ao PT, ao seu presidente, à sua posição de não vetar alianças com o PMDB nas eleições municipais deste ano.

Todas elas são críticas válidas.

Mas, acredito, extemporâneas.

O terrível momento que vive o país não permite a dispersão do foco, que deve ser lutar, com todas as armas, contra o governo golpista que, a passos acelerados, está rasgando a Constituição de 88 e destruindo o ralo Estado de bem-estar social construído pelos trabalhistas a partir de 2003.

O inimigo não é o PT: ele pode ser um aliado incômodo, pífio, covarde, mas ainda é um aliado.

É incrível como, ano após ano, golpe após golpe, a esquerda brasileira não consegue perceber que sem estar unida é um alvo extremamente fácil para a poderosa oligarquia brasileira.

Os problemas do PT, inúmeros, deveriam ficar para serem debatidos depois, no dia em que o Brasil voltar a ser o Brasil.  (Carlos Motta)

Nenhum comentário:

Postar um comentário