quarta-feira, 18 de maio de 2016

A tardia autocrítica do PT

Resolução tomada pelo Diretório Nacional do PT afirma que o partido não se preparou para o "enfrentamento atual, ao priorizarmos o pacto pluriclassista que permitiu a vitória do ex-presidente Lula em 2002 e a consolidação de seu governo nos anos seguintes”.

“Confiamos na governabilidade institucional, a partir de alianças ao centro, como coluna vertebral para a sustentação de nosso projeto. Ao contrário do que havia se passado em países vizinhos, o sistema eleitoral do país, tal como existe, não possibilitou que o triunfo na eleição presidencial fosse acompanhado por maioria no Congresso Nacional”, afirma a resolução.

Vale a autocrítica.

Pena que ela chegou tarde demais.  (Carlos Motta)

Nenhum comentário:

Postar um comentário