sexta-feira, 6 de maio de 2016

O fascismo à paulista

Governo que trata estudantes e professores como bandidos é bandido.

Governo que recusa o diálogo na resolução de conflitos sociais é ditatorial.

Governo que usa tropa de choque da Polícia Militar, sem antes tentar à exaustão, conversar com a garotada que ocupou uma escola, reivindicando nada mais, nada menos que Justiça, é criminoso.

O Estado de São Paulo está há mais de duas décadas nas mãos de um bando de fascistas, que se garantiu no poder graças ao poder econômico e à blindagem de uma mídia venal.

Os governos tucanos de São Paulo são, administrativamente, incompetentes, e moralmente, corruptos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário